CORONAVÍRUS | Prefeitura de Colinas publica novo decreto de contingenciamento…

0

Novo decreto de contingenciamento publicado permite a reabertura de bares, restaurantes e academias e mantém suspensos torneios esportivos e shows presenciais.

Com base na queda de casos do novo coronavírus, a Prefeitura de Colinas publicou o decreto 024/2020 que flexibiliza o comércio em setores específicos: bares, restaurantes e academias.

Contudo, todos os estabelecimentos devem manter as normas sanitárias.

O uso de máscara em todo o território colinense  segue obrigatório. Segundo a secretária municipal de saúde, a flexibilização só foi possível porque de acordo com as estatísticas acredita-se que o pico da transmissão passou, porém o cenário pandêmico pode mudar constantemente. “O decreto não é permanente, de acordo com o número de casos ele pode ser revisto”, afirma a secretária Liliane Neves Carvalho.

As aulas do município continuarão sendo ministradas de maneira remota, e para os alunos sem acesso a internet a Secretaria de Educação realiza atividades semanais através de conteúdo impresso, com monitoria dos professores.

Outra mudança adotada é a volta da feira aos domingos próximo ao Mercado do Produtor. Deverá  funcionar com distanciamento mínimo de 1,5m (um metro e meio) entre as barracas e obedecendo as medidas sanitárias na forma do artigo 17A do presente Decreto Municipal com uso indiscriminado de máscara e luvas. A Vigilância Sanitária e Guarda Municipal estarão presentes para garantir que as normas serão cumpridas.

Os restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência, padarias e assemelhados deverão tomar medidas preventivas, tais como: uso obrigatório de máscaras por funcionários; álcool 70% (setenta por cento) e/ou água e sabão; higienização frequente das superfícies; não permitir a aglomeração, respeitado a distância mínima de 2 metros entre as mesas no interior do estabelecimento e organizar fila do lado externo com senha.

A secretária alerta que a pandemia ainda não acabou. “Apesar de conseguirmos controlar a situação, já que dos 1447 casos notificados, 1094 já estão recuperados, temos que nos manter alerta porque ainda não existe vacina e este vírus é letal. Cada um precisa fazer sua parte”, ressalta.

Leia AQUI na íntegra o novo Decreto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui